O Papel do Programa Lince (LPN/FFI) na Recuperação do Habitat e Presas do Lince-Ibérico no Sul de Portugal

Filipa Loureiro, Ana Rita Martins, Eduardo Santos, Miguel Lecoq, Ana Emauz, Nuno M. Pedroso, Paul Hotham

Resumen


Resumo
O lince-ibérico Lynx pardinus (Temminck, 1827) é actualmente considerado o felino mais ameaçado do mundo. Por esta razão, em 2004, a Liga para a Protecção da Natureza (LPN) e a Fauna & Flora International (FFI) lançaram o Programa Lince cujo principal objectivo é contribuir para a conservação e gestão a longo prazo de um corredor de habitats prioritários para a conservação do lince-ibérico em Portugal. Neste trabalho, são apresentados alguns dos resultados deste Programa respeitantes à recuperação das populações de coelho-bravo na Serra do Caldeirão e no Sítio Moura/Barrancos. Neste último local o trabalho diz respeito ao Projecto LIFE Lince Moura/Barrancos, co-financiado a 75% pelo Programa LIFE - Natureza da Comissão Europeia (CE). Os principais objectivos definidos foram: i) a realização de protocolos de colaboração com agentes locais; e ii) a recuperação das populações de coelho-bravo. Foram realizados 24 contactos com proprietários/gestores de caça dos quais resultaram 9 protocolos de colaboração com planos de gestão para melhorar o habitat e as populações de coelho. No âmbito destes protocolos de colaboração foram realizados 128 abrigos, 160 comedouros e 116 bebedouros em diferentes propriedades/zonas de caça. Apesar de ainda preliminares, os resultados foram bastante positivos. De um modo geral, todas as estruturas implementadas (abrigos, comedouros, bebedouros) foram usadas por coelho-bravo, indicando que estas são adequadas e utilizadas por esta espécie. Tendo em conta os resultados obtidos, espera-se que, cada vez mais, os proprietários e gestores de caça estejam receptivos para a conservação da Natureza, nomeadamente do habitat Mediterrânico.

Palavras-chave: Coelho-bravo, lince-ibérico, gestão, habitat, Programa Lince.

Abstract
The Iberian lynx Lynx pardinus (Temminck, 1827) is currently considered the most endangered feline in the world. For this reason, in 2004, the Liga para a Protecção da Natureza (LPN) and Fauna & Flora International (FFI) launched the Lynx Programme whose main objective is to contribute to the conservation and long-term management of a corridor of priority habitats for the conservation of the Iberian lynx in Portugal. Here we present some results of this work relating to the recovery of wild rabbit populations at Serra do Caldeirão and the Moura/Barrancos Site – in this latter place, the work concerns the LIFE Lince Moura/Barrancos project, co-funded in 75% by the European Commission. The main objectives were: i) the establishment of management agreements with local stakeholders, and ii) the recovery of wild rabbit populations. Twenty four contacts were made with landowners/game managers, which resulted in nine management agreements with management artificial shelters, 160 food suppliers and 116 water suppliers were implemented in different estates/hunting areas. Although still preliminary, these results were quite positive. In general, all the implemented structures (artificial shelters, food and water suppliers) were used by wild rabbits, indicating their suitability for this species. Given the results achieved, it is expected that, gradually, landowners and game managers will be more receptive to nature conservation, particularly of this Mediterranean habitat.

Keywords: Habitat, Iberian lynx, Lynx Programme, management, wild rabbit.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7325/7

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.